Cursos e Bibliotecas Ver Mais

Galeria 3D1 Ver Mais

Weverson Merigueti   Guarapari - ES - ES
clebercmds   Timbó - SC - SC
Diego Dneo   São Paulo - SP
Bruno Santi 3D   Londrina-Parana - PR
DavidToledo   Rio de Janeiro - AC

Portfólios Ver Mais

Rocha   Portugal
luizsouzah   São Paulo - AC
Eniack   Tramandaí-RS
rcp   São Paulo - AC

A Rapidez e Qualidade do Redshift

O Redshift é um renderizador nativamente híbrido, lançado em 2014, que vem conquistando muitos artistas e grandes empreas porque proporciona alta qualidade com uma velocidade incrível de renderização.

Ver tutorial

Por: Adminin  

Em: 06/11/2017 08:30

O Redshift é um renderizador nativamente híbrido, lançado em 2014, que vem conquistando muitos artistas e grandes empreas porque proporciona alta qualidade com uma velocidade incrível de renderização.
Util para arquitetura?
Oi Juliano, tudo bem?

O Redshift tem um material Architectural que parece uma mistura do Arch&Design do Mental Ray e do VRayMtl, como mostra a primeira imagem em anexo.

Mas também tem outros materiais como CarPaint, Hair, Matte, RaySwitch, SSS, Skin, Volume e o material Redshift que é cheio de recursos como mostra a segunda imagem em anexo, ele ainda tem Presets tipo o Arch&Design para criar automaticamente os principais materiais como metais, leite, vidro, água, plástico e papel, por exemplo.

Porém, eu acho que para arquitetura não tem como fugir do V-Ray por causa das bibliotecas, que são muito importantes para a produtividade do trabalho nesta área e apenas o V-Ray tem um monte de bibliotecas de modelos prontos para usar.

Só dá para escolher o Render em áreas onde os profissionais normalmente precisam modelar tudo como design de produtos, Motion Graphics e Games, dai pode valer a pena adotar o Redshift pela simplicidade de configuração e principalmente pela alta velocidade de renderização, vantagem particularmente importante para quem trabalha com animação, que sempre foi a minha área nativa.

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Destaque para o Bokeh smile
Andre e prezados colegas de fórum, boa tarde,

Com o crime premeditado, a morte por encomenda do finado Mental Ray, já disse: "Fiquei órfão, pois até hoje, só vinha estudando e me dedicando ao MR."

Me vejo, agora, numa situação difícil, pois terei que estudar - obrigatoriamente! - dois renderizadores, o V-Ray e o Redshift que me foi muitíssimo bem recomendado pelo Andre - e pelo jeito será o meu futuro renderizador padrão a ser adotado.

Já separei o link do suporte e documentação do Redshift para 3ds Max:

https://docs.redshift3d.com/display/RSDOCS/?product=3dsmax

Andre, não sei como será, mas você acha que será possível a criação de uma canal de instrução do Redshift aqui no 3D1? Digo isso porque fiquei na revolta em ver que no channel do Redshift no Youtube só há um pequeno tutorial dedicado ao 3ds Max - o que é lamentável. Mas vou correr atrás.

https://www.youtube.com/watch?v=K_BwkcZDy_Q&t=12s

Se alguém, se algum colega souber de alguma fonte que tenha tutoriais introdutórios e bem sistematizados do Redshift para 3ds Max, por favor me digam.
Abração fraterno,

Marcelo Baglione

P.S.: Esta postagem teve como fundo músical "robert johnson [1936-37] the complete recordings 2 CDs".
Andre e demais colegas, bom dia,

Não estudei, ainda, o Redshift e o V-Ray - coisas que farei logo, logo.

Mesmo assim, assistindo este vídeo, o que pude compreender, deixa bem claro a eficiência do Redshift. Não vou ser eu a começar um novo Fla x Flu do Redshift x V-Ray. Não! Tô fora deste vedetismo. Mas como disse, juntamente com o meu minguado conhecimento de ambos - pois sou órfão do Mental Ray -, pra mim ficou claro a absurda velocidade e qualidade do Redshift. Veja:

https://www.youtube.com/watch?v=VlDrf9WFnLY

Abração fraterno,

Marcelo Baglione
Oi Marcelo, tudo bem?

Desculpe a demora para responder, tirei uma folga do site e da internet nestas últimas semanas do ano.

Eu te indiquei o Redshift porque sei o quanto gosta do Mental Ray e porque não trabalha com maquete, pois quem trabalha com maquete tem que usar o V-Ray se quiser obter a devida produtividade graças a quantidade imensa de biblioteca para ele.

Agora, se você vai estudar o V-Ray também, pode não valer a pena se dedicar ao Redshift, já que o V-Ray não está tão distante do tempo de renderização do Redshift como estão o Arnold, Mental Ray e demais renderizadores.

A partir da versão 3.6 o V-Ray implantou o seu sistema híbrido, que prova como a Chaos sempre mantém ele com as tecnologias mais recentes, então, tudo indica que aos poucos o V-Ray também se tornará um renderizador híbrido.

Sem falar na quantidade de material de estudo disponível para o V-Ray.

Porém, outra coisa que afirmo sempre é que, conhecendo bem os princípios da fotografia e da renderização 3D qualquer pessoa consegue usar facilmente qualquer renderizador, pois todos eles seguem estes mesmos princípios.

Desde o início dos anos 2000 até agora eu acho que já estudei e aprendi a renderizar com cerca de 10 renderizadores diferentes, sendo que, os que mais usei foram o Final Render na primeira versão, o V-Ray nas primeiras versões e o Mental Ray.
Quando saiu o Arnold no Max, no mesmo dia consegui obter bons resultados apesar da chatisse de ter que lidar com o granulado, então, é fácil migrar de um para o outro, entretanto, só com experiência em cada um que você vai conseguir obter os melhores resultados com o menor tempo possível, por isso que profissionalmente vale a pena se dedicar com afinco a apenas um render por vez.

Como você percebeu, são raros os tutoriais e informações sobre o Redshift no Max porque para os usuários de 3ds max só existe o V-Ray, o Redshift é famoso no Maya e no Cinema4D, para estes programas tem vários vídeo tutoriais e informações, então, desanima mais ainda quem deseja estudar o Redshift no Max.

Se tiver bastante gente querendo aprender o Redshift poderemos montar um grupo de estudo na seção de grupos de estudo, mas qualquer dúvida que você tiver sobre ele e eu puder ajudar, é só falar, pois vou te responder com o maior prazer.

É super simples configurar o Redshift, primeiro de tudo precisa marcar a opção "Dont Automatically Reduce Samples Of Other Effects", que fica na aba Output, como mostra a imagem em anexo.

Depois, na aba GI, é só escolher o Brute Force como Primary GI Engine, coisa que nos outros renderizadores ficaria lento, apesar de obter a melhor qualidade, mas no Redshift vai na boa graças a velocidade dele, se quiser também pode usar o Irradiance Cache como GI primário.

No Secondary GI Engine é melhor usar o Irradiance Point Cloud, como mostra a imagem em anexo.

Logo abaixo tem o número de GI Bounces, que é a mesma coisa do Diffuse Bounces do Mental Ray e define a quantidade de rebatimentos da iluminação.
Para interiores é bom usar entre 4 e 8, para externas pode ser entre 2 e 3, igual era com o Mental Ray.

A partir de agora você só precisa ajustar dois valores para controlar a qualidade da renderização, o Num Rays no menu do Brute Force e o Samples Per Pixel no menu do Irradiance Point Cloud, como mostra a imagem em anexo.

O ideal é deixar o Brute Force com o dobro dos Samples do Irradiance Point Cloud.

Para render de preview você pode usar 16 no Brute Force e 8 no Irradiance, para render final depende um pouco dos materiais e efeitos aplicados na cena, mas pode subir para 64 ou 128 no Brute Force, colocando a metade do valor no Irradiance.

Assim, só precisará se entender com as luzes e os materiais dele para renderizar com qualidade, realismo e velocidade tudo que desejar.
Vale a pena testar os ótimos recursos do Redshift Material, a renderização de Hair And Fur e de efeitos volumétricos em VDB, ele renderiza Volumes muito rápido!

Qualquer outra dúvida que tiver é só falar.

Abração e tudo de bom.

André Vieira

Faça o login para poder comentar

Usuários conectados

Total de mensagens publicadas pelos membros da comunidade: 671695.

Total de membros registrados: 110431

Últimos membros registrados: gabiigreipelpituzinha , Goyanna, OLucasAC, svangelo, Rafael, Juscelinofpontes, carrilhoreal, adrian.

Usuário(s) on-line na última hora: 587, sendo 40 membro(s) e 547 visitante(s).

Membro(s) on-line na última hora: luciano3d, fbblanco, bokdigamela, Zanato, brunoteco, Denil, gabiigreipelpituzinha , Edimar Bergamasco, andersonflat, diogo barreto coutinho, Maria, cadwillem, sandrovader, João Von Rondow, layercero, elisalage, robson gomes de souza, ferncastro, Prometeu001, Juarez, MarcosSchnaider, Alexandre Longo, Fernando, xavifigueiredo, Alexandrino.Pereira, brunotorres, Goyanna, wilsimar, rodrygoo, itallodawson, Gabriel Bremer, gabrielayumi, Marcelo Baglione, Felix, Eduarda, Elis, Juliano Kloss, marcio.alain, Diego Dneo, Marco Rocha.

Legenda: Administrador, Especial, Moderador, Parceiro .

3D1 © Três D1 © 1999-2018. Todos direitos reservados.