Cursos e Bibliotecas Ver Mais

Galeria 3D1 Ver Mais

Rafael Reis   Rafael Reis - AC
NataliaEM   Carlos Barbosa, RS - RS
Legacy   São Paulo - SP
Vinicius Paciello   São Paulo - AC
EvandroGP   Paraná - PR

Portfólios Ver Mais

Jacques   Es vitoria
Daniel Almeyda   João Pessoa - Paraíba - PB
lipefaust   São Paulo
zinotico   Santos - AC

Nova versão do Gravity Sketch

O Gravit Sketch é um programa que pretende revolucionar a forma de modelagem 3D por meio de VR, a versão 1.5 ganhou edição de Normals, visões ortográficas, materiais, novas primitivas e mais opções de exportação.

Ver notícia

Por: Adminin  

Em: 11/09/2018 08:00

O Gravit Sketch é um programa que pretende revolucionar a forma de modelagem 3D por meio de VR, a versão 1.5 ganhou edição de Normals, visões ortográficas, materiais, novas primitivas e mais opções de exportação.
Andre, boa tarde. Mais um que faço questão de comentar, à noite, quando retornar, ok? Cara, a gente já não tinha, de certa forma, elocubrado coisas como estas? Acabei de assistir rasteiramente e fiquei embasbacado, porque realmente mescal tantas coisa que você já tinha enviado o sinal de aviso, não, ou estou delirando? IMPRESSIONANTE! As novidades e a multiintegração das novas tecnologias unidas ou acompladas às plataformas vigentes - ou que sobreviveram - é o grande salto evolutivo do momento. O bonde tá passando e quem pegar pegou; quem não embarcar, vai moscar. Depois comento mais, Andre. EXCELENTE PUBLICAÇÃO. Abração fraterno, Marcelo Baglione
Oi Marcelo, tudo bem?

É justamente aquilo que a gente estava conversando, a modelagem também está mudando, não imagino as pessoas no futuro modelando com mouse e caneta digitalizadora igual fazemos hoje em dia.
Modelar em VR dá uma perspectiva muito maior para o artista e mais liberdade, porém, ainda estão testando a melhor forma de fazer isso, a interface mais confortável, como aplicar os comandos e tudo mais.
Então, é como você disse, estamos vendo uma revolução acontecendo numa área super importante do 3D, a modelagem, que é a base de tudo.
É muito mais rápido e prático modelar com as duas mãos como acontece em VR do que com apenas uma mão igual fazemos com o Mouse, eu também adorei ver a forma que criam as Surfaces em VR no vídeo.
Certamente você notou que eles estão modelando em NURBS, não em polígonos!

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Sim, notei, Andre! Quando eu vi aquelas duas postagens que replico aqui, Unreal na indústria farmacêutica e Modelagem de Mechs em VR, a bola já estava sendo cantada, sem dúvida alguma, Andre. Estas duas notícias citadas, publicadas aqui no 3D1 tem cunho paradimático ou como você bem destacou de maneira ímpar, estamos atravessando um momento disruptivo no campo das altas tecnologias e nitidamente na TI. Há muito o que ser dito a respeito, Andre. É um momento de virada na história da humanidade e de toda a civilização, no contato com estes soberbos avanços tecnológicos que estão sendo alcançados e aperfeiçoados; só que agora com muito mais velocidade.
Abração fraterno,

Marcelo Baglione
Oi Marcelo, tudo bem?

Você lembrou muito bem e ilustrou perfeitamente o que eu estava falando com essas indicações das notícias sobre modelagem de Machs em VR e engenharia molecular em VR.
Pois mostra como várias empresas estão testando e desenvolvendo interfaces para modelagem e interação confortável em VR.
Estamos bem no início da revolução, mas já dá para ver o futuro brilhante que o VR promoverá em várias indústrias.
Como a modelagem é a base de tudo, poder modelar com conforto, precisão e velocidade em VR será maravilhoso.

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Andre, boa noite. Só mais uma coisa. Esta velocidade, esta aceleração em cima do novo e do mais novo a seguir, tem uma explicação de acordo com o estágio no nosso atual ciclo racial. Cara, as coisas vão voar, as altas tecnologias alcançarão um ciclo de velocidade e criação cada vez maiores porque faz parte do desenvolvimento coletivo deste estágio cíclico racial chamado Quinta Raça Raiz. Aí é Doutrina Secreta na veia! Mas deixemos isso para depois, sem esquecer que tudo começou com o entretenimento, jogos, games. A brincadeira agora será outra - sem que signifique o fim da indústria do entretenimento, porém o Futuro do Futuro ou o Fruto do Futuro fica maduro com mais e mais rapidez, à medida que ingressamos neste - cada vez mais próximo - ciclo precessional Aquário-Leão.
Abração fraterno,

Marcelo Baglione
Oi Marcelo, tudo bem?

Eu já li um pouco sobre a Quinta Raça Raiz, foi por causa disso que cheguei na Blavatsky.
Realmente as coisas vão voar nos próximos anos, pois imagine o que vai acontecer quando a inteligência artificial conseguir se auto-programar e isso não está longe.
Já li matérias mostrando como a AI conseguiu encontrar Bugs em jogos que os programadores nem perceberam, também já li sobre AI que arruma problemas em estruturas para ficarem mais sólidas dando diversas opções diferentes para a mesma situação, então, estamos quase lá.

As Engines que estão abrindo as portas para qualquer um entrar nessa, caso contrário, estaria restrito a laboratórios de pesquisas de empresas e universidades.
Neste ponto o Unity saiu na frente, pois já vem com vários recursos para programar e treinar AI, a Epic está seguindo a mesma onda, então, em poucos anos será comum qualquer um programar e treinar AI para o que quiser.

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Eu não sei, Andre. Mas usando uma lembrança bem chula e até simplória, diante do tema. É como o emergência do Windows no seio da humanidade. O que você fazia através de comandos do DOS, com o Windows tudo se tornou mais fácil, comum, corriqueiro. Ninguém sabe ou tem noção do que era, há 20 anos um PC sem o Windows. Me parece que estes programas como o Unity ou o Unreal, estão se tornando isso. No futuro, acho que todos vão, de alguma forma, programas, fazer plugins e scripts que, atualmente, se restringe unicamente a quem realmente conhece e sabe programação. É assim que entendo, Andre. Me corriga se estiver exagerando. É por isso que ainda vamos iniciar e conversar muito a respeito dos Vols I e III da Blavatsky. Antes disso, terei que pôr em dia, o Futuro do Futuro, atualizar ele, mandar mais tópicos novos, para aí, sim, iniciarmos o nosso Fórum particular que você já sabe qual é, né?
Abração fraterno,

Marcelo Baglione
Oi Marcelo, tudo bem?

Eu concordo plenamente, pois o Windows foi uma tecnologia disruptiva que mudou a civilização, graças a isso tudo evoluiu mais rápido e com estas tecnologias que estão lançando agora vai evoluir ainda mais rápido.
Acho que sempre foi assim na humanidade, desde a decoberta do fogo, mas o tempo entre os avanços era longo e a nova velocidade que eles proporcionavam eram pequenas, agora a coisa é tão veloz que a gente consegue perceber nitidamente enquanto está ocorrendo.

Tudo que antes era muito difícil se torna fácil e coisas que antes eram inimagináveis, se tornam possíveis, é assim que as coisas avançam, então, qualquer um poderá programar uma AI e treinar para fazer o que quiser em casa num programa simples e intuitivo, coisa que antes dependia de ser engenheiro de Softwares.

O sistema de Nodes foi inventado justamente para qualquer pessoa poder programar!!!

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Como sempre, você finalizou a coisa, Andre. Parabéns! Os nodes, não sei se posso chamar disso, se tornaram uma interface para o usuário não especializado em programação. Certo é, também, concordo, com o grau absurdo de velocidade desta tendência de choques tecnológicos. Parece que a raça fez tudo isso há décadas e ficou guardando para lançar tudo de uma vez só, tamanho e o encurtamento das notícias com caráter disruptivos, Andre.

AI está se tornando, como já disse, uma tipo de arroz de festa, o que é ótimo. Aliás, uma dica. Quero ver o que o Olavo está falando a respeito disso, pois vi, há poucas semanas, uma aula dele a respeito disso, Andre. Se for realmente isso, será ótimo, porque virá de uma pessoa que está totalmente fora do universo da computação gráfica. Vou assistir e comentar e ver se é isso mesmo, Andre. Abração fraterno, Marcelo Baglione

Faça o login para poder comentar

Usuários conectados

Total de mensagens publicadas pelos membros da comunidade: 676818.

Total de membros registrados: 114122

Últimos membros registrados: Ruansilver, renan duppre, jefersonxb, crazzy, sarah122, sslima, Alessandra, tsilvathiago.

Usuário(s) on-line na última hora: 422, sendo 5 membro(s) e 417 visitante(s).

Membro(s) on-line na última hora: Marcelo Baglione, Henrique Ribeiro, equinonez, HALLA, Ruansilver.

Legenda: Administrador, Especial, Moderador, Parceiro .

3D1 © Três D1 © 1999-2019. Todos direitos reservados.