Cursos e Bibliotecas Ver Mais

Galeria 3D1 Ver Mais

dami   João Pessoa pb - AC
Lucas Rafael   Parana - PR
leonardo teixeira   são paulo - AC
Jomar Machado   Rio de Janeiro - RJ
javier porcel   Rio de Janeiro - AC

Portfólios Ver Mais

guetostyle   brasil - AC
Andre Bucchioni   São Paulo - SP
decosouza   Rio de Janeiro - RJ

Quanto cobrar pelo meu trabalho 3D?

Por: Antonio Neosmar P Silva  

Em: 05/06/2021 15:13


Moçada, boa tarde.

Estou fazendo um trabalho é não sei quanto cobrar.
E um stand e uma sala, lançamento imobiliário. 
Pesquisei e vi que tem pessoas cobrando RS 100,00 por imagem, mas aí se pedirem apenas uma imagem não vale o meu trabalho.

Alguém tem uma referência de preços?

Obrigado E abracos. 
Antonio a melhor forma de você se orientar é a seguinte:
Defina quanto tem de ganhar por mês para cobrir todas as suas despesas mais o seu ordenado.
Divida esse valor por 21 (dias uteis)
Divida por 8 (horas de trabalho).
E pronto tem ai o seu valor por hora, agora basta ver quantas horas vai precisar para completar o trabalho e já sabe o preço que tem de cobrar.
Obrigado Fernando, mas aqui no Brasil tem muita concorrência, então tenho que analisar bem para não ter prejuízo,  pois estou desempregado, não tenho nenhuma renda.
Mas vou fazer seus cálculos para ver se estou no caminho certo.
Oi Neosmar, tudo bem?

Eu entendo o problema do mercado prostituído com gente produzindo imagens a preço de banana, também entendo o problema que estamos passando no país e qualquer 100 Reais faz diferença.

Por isso eu sugiro que pesquise o preço que os seus concorrentes estão cobrando na sua região e compare a qualidade das imagens deles com as suas.
Se a qualidade for igual, cobre a mesma coisa, se a qualidade deles for melhor, cobre um pouco menos do que eles e se a sua qualidade for maior, cobre um pouco mais do que eles.

Porém, é muito importante você gerir o seu negócio como uma empresa e se esquematizar para cumprir uma meta determinada que vai proporcionar o salário necessário para passar o mês.
Então, tem que fazer o cálculo que o Fernando disse e se for o caso, aumente as horas de trabalho por dia para fechar a conta.
Se não fechar nem assim, vai precisar fazer o trabalho em menos tempo, as vezes trocando de ferramenta, preparando Presets para agilizar ou investindo em equipamento.
Também precisa ver se tem cliente para preencher as 8 horas de trabalho por dia todos os dias, se não tiver, precisa correr atrás de clientes.

Portanto, fazendo o cálculo que o Fernando indicou você conseguirá saber qual área precisa focar ou modificar para cumprir a meta salarial que necessita.
Mesmo que não possa colocar em prática imediatamente, é uma coisa que deve perseguir para conseguir uma estabilidade maior.

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Só questiono uma coisa: se eu fizer um trabalho rápido e bem feito, cobrando por hora, o meu trabalho desvaloriza, estudei muito e pratiquei muito, continuo me atualizando, más o ser bom e rápido não é vantagem.

Valeu André, muito obrigado pelas dicas.
Não que eu seja o 'top of mind' das imagens, até pq eu não trabalhei muito com a imagem mesmo (mais com modelos (no caso da arquitetura) embora q ja tenha feito sim, inclusive os primeiros trampos foram com empresas de móveis planejados XD, na "época de ouro do Vray" =D..), e assets pra aplicações interativas (unity e ue4), mas, pelo menos pra mim, o normal é o artista e o cliente combinarem um valor pelo trabalho e não "pela hora" q o artista vai trabalhar... Até pq, imagina, uma pessoa que começou agora, leva 20 horas pra criar uma imagem q vc cria em uma, aí então, por ter estudado, por ter tido todos os sacrificios, ao ponto de fazer em uma hora o q outro cara faz em 20, vc é punido?!? Então, pra mim, tem q combinar o valor pelo serviço mesmo, e não 'por hora'. Acho q o normal é isso, até pra imagem tbm... Então, vc não deve ser punido pelo desenvolvimento da técnica. É evidente que uma pessoa tecnicamente mais desenvolvida vai ter uma eficacia maior, num tempo menor (ou, simplesmente, conseguir fazer quase instantaneamente algo que alguem que não conheça os entremeios da técnica simplesmente não consegue fazer independente do tempo que se dê pra fazer, etc...). Então, essa questão de "quanto cobrar por hora" tá mais pra questão de funcionario braçal, ou serviços pouco intelectuais como apertar parafusos ou virar hamburgers. Embora que se possa elevar o preço-por-hora, esse paradigma de cobrança/pagamento, pra uma questão artistica ou tecnicamente mais elevada, eu considero como sendo incompatível. 

Aí tem outra coisa mais geral do que exclusivamente as imagens tbm... É o artista (no caso você) pensar no preço levando em consideração o uso que vai ser feito do trampo. Por exemplo, volta e meia eu faço um personagem, ou mapinha de jogo, pra um pessoal que ta terminando cursinhos de games por exemplo (a primeira vez, eu falei com o cara, e ele falou q "ia gastar a mesada inteira" com o meu trampo, hehe...) aí eu cobro coisa de 200 conto, coisa assim, faço baratinho mesmo q o cara tá usando pra um curso, n tem razão de cobrar muito. Outro cenário, evidentemente, seria se eu tivesse fazendo coisa pra treinamento de uma empresa grande, ou, se eu tivesse fazendo uma imagem de relevância pra publicidade de uma empresa grande, aí é evidente que eu ponho uns 2 zeros ali. Natural, pelo menos pra mim, o menino lá não ia usar o personagem ou mapinha de game pra ganhar nada em cima, e então eu fiz baratinho, mas, se fosse uma empresa de moveis planejados, me pedindo um render de interiores, pra usar em outdoors e nos lados dos caminhões, seria outra conversa, no que diz respeito a valores...


Vc cobrando bem (e é razoável, isso é importante tbm pro cliente querer te chamar de novo, etc...), a nivel de rendimento, é parecido com corretor de imóveis de luxo (q ganham comissão), tem uns meses q c n ganha nada mesmo, mas dependendo do trampo é 2 ou 3 por ano e vc vive relativamente bem... Embora q as questões da COVID tenham aviltado à esse tipo de questão tbm :z... 

Ter um bom relacionamento com o cliente, e habilidade de fazer manutenção ou correções no seu trampo, é muito bom tbm... No meu caso eu ja digo pro cliente inicialmente q eventuais correções e manutenção são gratis (na grande maioria dos casos).


Acho que é isso, pra mim é coisa de bom senso mesmo, o bom é conversar com o cliente pra ele te entender e vc entender ele tbm, aí então discutir o valor, etc... E tentar manter a calma (não ficar nervoso com valores ridiculos XD) é importante tbm, hehe...
A Beleza está entre a Ética e a Razão!..
Grande Fox,  vc me entendeu perfeitamente.
Compartilho de sua opinião, totalmente.
Acho que deve ser assim mesmo, ganha pouco ali e ganha melhor ali, eu resolvi não cobrar alterações,  elas são inevitáveis, se vc cobrar, vai chegar uma hora que o valor das alterações ficarão mais cara que o projeto. 
Temos que ter bonsenso também.
Não que a opinião do André e do Fernando estejam erradas.


Obrigado
Grande abraço. 
Ah é é?!

Clica no 'coraçãozinho' então =D, eu tava comentando sobre isso, parece q é só eu e o Danilo que usamos o recurso. É bom vc usar isso pra todas as postagens q vc gostar =D... (então clica no coraçãozinho lá das mensagens q vc gosta :3..)..


Segundo o Coração-Gelado, isso afeta, de alguma maneira, o desenrolar dos acontecimentos...



Olha q bonitinho o violão dessa senhora, só pra alegrar o domingo da vizinhança XD



@edit: Ah é, sobre o assunto do tópico, acho que "a construção completa da cena" é uma coisa (uma "Arte Técnica" realmente), e o (e somente o) render em sí (principalmente na questão do poder computacional), outra... Vcs devem ter percebido que eu sou um péssimo 'raconteur'... Mas o que eu quis dizer é que não se pode querer pagar, a um artista, da mesma maneira que se quer pagar a uma 'render-farm'.
A Beleza está entre a Ética e a Razão!..
Oi Neosmar, tudo bem?

Se você faz o trabalho mais rápido e cobra a mesma coisa do que outro que faz o trabalho mais lentamente, você estará ganhando mais do que ele, pois enquanto o lerdo faz 1 trabalho, você fez 2 e ganhou o dobro.
Por isso que vem a segunda questão, se tem cliente para atender o dia todo, pois se tiver, quanto mais rápido você trabalhar, mais vai atender e mais vai ganhar.

É por isso que muita gente migrou para o Lumion, pois preferem perder qualidade e fazer o trabalho mais rápido do que ter mais qualidade e o próprio mercado não valorizar, porque tudo tem que ser para ontem.
Então, é melhor entregar um trabalho com realismo menor, mas mais rápido para já pegar outro, do que perder muito tempo para renderizar com alto realismo e só atender um cliente que não vai pagar o preço de 2 ou 3 que você poderia ter atendido neste período, entende?

Abração e tudo de bom.

André Vieira
Grande André,  blz 

Concordo com você. 

A questão é cobrar por hora de trabalho.
Não acho que cobrar por hora seja uma boa proposta.

Abração obrigado 

Faça o login para poder comentar

Usuários conectados

Total de mensagens publicadas pelos membros da comunidade: 690457.

Total de membros registrados: 124519

Últimos membros registrados: Luana Schneider, mariaa_clarra, 99bruno, severinoabdias3@gmail.com, pastabeast, anapldr, piter_sp, patomuller.

Usuário(s) on-line na última hora: 301, sendo 3 membro(s) e 298 visitante(s).

Membro(s) on-line na última hora: ScreamingFox, itamar nunes, proj.evandro.

Legenda: Administrador, Especial, Moderador, Parceiro .

3D1 © Três D1 © 1999-2021. Todos direitos reservados.